Floristas
Praça da Alfândega (Senador Florêncio)

 
 

 

Mesmo para vender flores, tem que haver bom gosto, asseio, criatividade ...
Por que não, vendedoras de flores, autorizadas, nas praças e parques da cidade?
Carências existem, na cidade, de várias origens, mas temos combinações geográficas espetaculares. Arborização; orla do Guaíba ladeada por morros; arquitetura bastante eclética ... e muitas paisagens a serem lapidadas (não dilapidadas).
O Centro Histórico, por exemplo, tem lá seus problemas, muitos problemas. Mesmo assim é um bom lugar para viver e ... para visitar. Talvez precisasse um “empurrãozinho”, digamos ... induzir a comportamentos de outros tempos, quase esquecidos.
Esta foto da Vendedora de flores em uma rua de Paris, 1914 (colorida), pode servir de inspiração